sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Feitiçaria para se fazer o mal usando-se dois bonecos

Fazer dois bonecos de pano, uni-lo um ao outro, atando-os de forma que pareçam bem abraçados; em seguida, prega-se cinco pregos nas partes indicadas:1º prego, na cabeça, que vare um ao outro, dizendo-se a seguinte invocação: Fulano (o nome da pessoa a quem se quer fazer o mal), eu, (citar o próprio nome), te prego e amarro e espeto teu corpo, tal qual espeto, amarro e prego sua figura.2º prego, no peito, que vare um ao outro, dizendo a seguinte invocação: Fulano (o nome da pessoa a quem se quer fazer o mal), eu, (citar o próprio nome), te juro, debaixo do poder de Lúcifer e Satanás, que de hoje para o futuro não hás de ter uma hora de sossego.4º prego, nas pernas, que as vare de um lado a outro, dizendo-se a seguinte invocação: Fulano (o nome da pessoa a quem se quer fazer o mal), eu, (citar o próprio nome), te juro, debaixo do poder de Maria Padilha, que de hoje para o futuro ficarás possesso de todo o feitiço.5º prego, nos pés, de modo que lhes fure de um lado ao outro, dizendo-se a seguinte invocação: Fulano (o nome da pessoa a quem se quer fazer o mal), eu, (citar o próprio nome), te prendo e amarro dos pés à cabeça, pelo poder da mágica feiticeira.Desta forma, a criatura enfeitiçada nunca mais poderá ter uma hora de saúde. Feitiçaria feita com dois bonecos conforme era feita pôr São Cipriano Quando era feiticeiro e mágicoPreparar dois bonecos (um boneco e uma boneca) feitos de pano, linho ou algodão, deixando-os unidos um ao outro, abraçados. Pegar um novelo de linha branca e enroscá-la em volta dos bonecos, dizendo o que se segue, dando o primeiro nome da pessoa que se quer enfeitiçar:"Eu te prendo e te amarro em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, Padre, Filho e Espírito Santo, para que debaixo deste santo poder, não possas comer nem beber, nem estar em parte alguma do mundo sem que estejas na minha companhia, (citar o nome da pessoa que se quer enfeitiçar). Eu, (citar o próprio nome), aqui te prendo e amarro, assim como prenderam Nosso Senhor Jesus Cristo na madeira da cruz; e o descanso que tu terás enquanto para mim não te virares, é como os que têm as almas no fogo do purgatório penando continuamente pelos pecados deste mundo, e como o que tem o vento no ar, ondas no mar sempre em contínuo movimento, a maré a subir e a descer, o sol que nasce na serra e que vai pôr-se no mar. Será esse o descanso que te dou enquanto para mim não virares com todo o teu coração, corpo, alma e vida; debaixo da santa pena de obediência e preceitos superiores, ficas preso e amarrado a mim, assim como ficam estes bonecos amarrados um ao outro."Estas palavras devem ser repetidas nove vezes à hora do meio-dia, depois de rezar a oração das "Horas Abertas" (ver em Orações Cabalísticas)Essa magia é um tanto interessante, mas devo avisar: aparentemente não há retorno. Tome bastante cuidado se for realizar esta mágica, a pessoa a que se amarra vai lhe procurar a vida inteira e não mais o(a) deixará em paz. Se bem que ainda estou pesquisando para ver se há um retorno, aguardem. Outra mágica do gato preto para fazer o malPara se vingar de um inimigo, deve-se proceder da seguinte forma: pega-se um gato preto e, depois de amarradas suas quatro patas com uma corda de esparto (de fazer tapetes), levai-o a uma encruzilhada durante a noite e dizei: "Eu, (citar seu nome), da parte de Deus Onipotente, mando ao demônio que apareça aqui debaixo da santa pena de obediência e preceitos superiores. Lúcifer, Satanás, que te metas no corpo desta pessoa a quem desejo o mal e da lá não te retires enquanto eu não te mandar e me faça o que te propor durante a minha vida" (aqui deve-se dizer o que se deseja que ele faça ao inimigo). "Ó grande Lúcifer, imperador de tudo que é inferno, te prendo e amarro ao corpo de (dizer o nome do inimigo), assim como tenho preso este gato. No fim de me fazeres tudo aquilo que eu quiser, ofereço-te este gato; trago-te aqui Quando tudo estiver pronto."Depois que o demônio fizer o que lhe foi pedido, deve-se ir ao lugar onde ele foi requerido e dizer duas vezes: "Lúcifer, Lúcifer, aqui tens o que te prometi" - ditas estas palavras, solta-se o gato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Follow by Email