terça-feira, 3 de março de 2009

REGRAS NOS USOS DAS VELAS

- procure saber a cor da vela conforme o fim a que se destina e o aroma, no caso de querer vela perfumada; II - o mau uso da vela pode prejudicar você; cuidado! III - uma vela pode ser usada para representar outra pessoa se tiver a cor zodiacal dela; IV - o movimento de um desejo ou de uma influência, se afastando ou se aproximando de alguém, pode ser perfeitamente simbolizado pelo movimento das velas. Desta forma, se reafirma o que disse Shakespeare: "O Mundo todo é um palco e todos os homens e mulheres meros atores". O Altar ou a mesa, sobre os quais colocamos as velas, tornam -se uma espécie de tabuleiro de xadrez que representa as condições de nossas vidas; V - as velas usadas para um ritual, trabalho mágico, não podem ser usadas de novo. Novos trabalhos, novas velas. Quando der por terminado um ritual, deixe a, ou as velas queimarem até o fim; VI - pague o preço exato pelas velas que vai usar, nem mais, nem menos, o Preço exato; VII - nunca unte uma vela antes de usá-la, pois este ato simples a magnetiza e aplica as vibrações de sua mente a ela. Você e sua vela tornam-se "um"; VIII - nunca use a magia das velas para prejudicar, pois a Lei do Retorno sempre se faz cumprir, mais dia menos dia; IX - tenha sempre consciência das "marés cósmicas" controladas pelo Sol e pela Lua, pois tentar contrariá-las é difícil e complicado. Nunca trabalhe 3 dias antes da Lua-Nova. A Lua-Cheia é a Senhora de todas as Magias, Alquimias, bruxarias... A Lua-Crescente atrai, cresce... A Lua-Minguante expulsa, extermina, mingua! Estas nove regras são fundamentais para o sucesso da Magia das velas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Follow by Email